Dicas de como economizar na viagem a Barcelona

Muitos viajantes, que não dispõem de grandes recursos financeiros, mas não querem abrir mão do prazer de fazer uma boa viagem a Barcelona, na Espanha, sempre buscam formas de fazer um bom passeio de forma econômica, mas temem ser necessário deixar de fazer coisas que achariam divertidas ao longo da viagem.

 Queremos, aqui, apontar que a ideia de gastar pouco dinheiro em uma viagem internacional é perfeitamente possível de ser posta em prática, com grandes doses de criatividade e algumas dicas importantes.

 De forma geral, o viajante deve observar alguns aspectos que, de cara, já farão com que sua viagem a essa cidade espanhola não doa tanto assim, no bolso:

 Viajar fora de altas temporadas – tudo – desde produtos até serviços – fica com preço elevado em grandes feriados, ou férias;

  • Não marcar um voo com demasiada antecedência – você pode perder ótimas promoções que as companhias aéreas fazem, com cada vez maior frequência;
  • Flexibilidade – se você não deixa sua organização muito “fechada”, é possível que você consiga aproveitar para poupar, com novidades mais econômicas, seja em termos de descontos em serviços ou produtos, em um itinerário recém-descoberto; um dia em que há certa entrada grátis em um local turístico – diferente do que o que você programou antes. Tudo deve ser motivo para você relaxar e aproveitar os preços baixos;
  • Escape dos hotéis – com a diversidade de opções de hospedagem que existem hoje em dia sejam albergues, pousadas e até mesmo o couchsurfing – site que oferece uma estada informal, de graça, no sofá da casa de um morador do local – ficar em hotéis, se não for algo muito bem pesquisado, pode representar grande prejuízo, por um serviço que, muitas vezes, nem é tão superior assim;
  • Misture-se à população – se você quer descobrir todas as pechinchas do local da viagem, nada melhor que descobrir aonde a população costuma ir. Afinal, ninguém melhor que eles para indicar onde estão os melhores preços, serviços e oportunidades. Tente, ao máximo, não solicitar esse tipo de informação em seu hotel, pois muitos lugares apresentam parcerias informais com determinados estabelecimentos, para que indiquem ao turista. Na maioria das vezes, praticam preços altíssimos, chegando até mesmo a ser abusivos.

 Além disso, já em Barcelona, são indicadas algumas alternativas, para deixar seu turismo animado, gastando bem menos:

  •  Aproveite o primeiro domingo de todo mês. As visitas a museus, como o Nacional d’Art de Catalunya e o Museu Picasso são totalmente gratuitas nesses dias;
  • Se você deseja desfrutar da vida noturna da cidade – e você, certamente, irá! – os bairros com mais opções bem em conta são Raval, Bairro Gótico e Born. Bares de vinhos e cafeterias são excelentes opções para se alimentar, gastando bem pouco – como exemplo, as tapas, sempre deliciosas e baratas e o champagne, que pode custar menos de 1 euro;
  • Barcelona Card – esse cartão é uma excelente opção para quem deseja conhecer melhor essa bela cidade. Além de incluir um guia, muito prático, em espanhol ou inglês, também garante entrada gratuita em mais de 20 lugares de Barcelona – em lugares imperdíveis como museus, prédios históricos, entre outros. Vale também para que o turista possa fazer uso de meios de transporte – ônibus e metrô, no dia a dia – conexões com o trem, via aeroporto; e também permite ao viajante desfrutar de ótimos descontos em bares, boates e lojas. O cartão pode ser solicitado em pacotes de 2 a 5 dias, ao custo que varia entre € 25,00 e € 40,00 – menores, entre 4 e 12 anos de idade pagam, mas obtêm descontos;
  • Articket Barcelona – é mais uma das opções valiosas para a economia do turista em Barcelona. Local com vocação natural para a arte e a cultura, esse local é dotado de múltiplos pontos de interesse para o turista. Desse modo, esse cartão autoriza o viajante a entrar, sem custo, em locais incríveis, como: Museu d’Art Contemporânea de Barcelona, Fundação Caixa Catalunya- La Pedrera, Fundació Joan Miró, Museu Nacional d’Art de Catalunya, Museu Picasso, Fundació Antoni Tàpies e Centre de Cultura Contemporânea de Barcelona. Tem validade de um semestre, contado a partir de sua aquisição, pelo custo de € 28,50;
  • Passe de transportes – dá direito à utilização de todos os meios de transporte público de Barcelona, de forma ilimitada, por um pacote entre 2 e 5 dias, por um custo que oscila entre € 13,40 e € 29,00.

 Gostou dessas opções de turismo em Barcelona? Com nossas dicas, você poderá conhecer a fervilhante cultura de Barcelona, se divertindo muito, sem precisar prejudicar o orçamento!

[icon color=”#dd3333″ size=”18px” target=”_blank” name=”awesome-book”] Você pode se interessar também por estes artigos:

[catlist name=barcelona numberposts=5 excludeposts=this]

[sociallocker id=”3936″] [/sociallocker]

Leave a Reply

Mais em Barcelona, Espanha, Europa
Transporte-em-Barcelona-Espanha
Como se locomover em Barcelona – transportes em Barcelona

Transportes em Barcelona Barcelona é uma localidade realmente muito charmosa e que conta com uma infraestrutura de turismo que é...

Fechar